quinta-feira, 14 de novembro de 2013

José Júlio de Sousa Pinto (1856-1939)

Barco desaparecido (1890, Museu do Chiado – Museu Nacional de Arte Contemporânea)
-
In the fields (1892, National Gallery of Victoria, Melbourne)
-
Costurando (Casa-Museu Fernando de Castro)
-
La récolte des pommes de terre (1898, Musée d'Orsay, Paris)
-
O balde azul (1907, Pinacoteca do Estado de São Paulo)
-
José Júlio de Sousa Pinto nasceu em Angra do Heroísmo, na Ilha Terceira (Açores), a 15 de Setembro de 1856. Em 1870, matriculou-se na Academia Portuense de Belas Artes, onde foi aluno de Soares dos Reis, entre outros professores. Em 1880, dois anos após ter concluído o curso de Pintura, partiu para Paris como bolseiro do Estado, na categoria de Pintura de História, tendo por companhia o pintor Henrique Pousão (1859-1884). Neste período, recebeu aulas de Adolphe Yvon (1817-1893) e Alexandre Cabanel (1823-1889), na Escola de Belas Artes de Paris, e participou nos Salons parisienses, nos quais obteve uma Menção Honrosa (1885) e veio a integrar o seu júri (1900). Terminados os estudos fixou-se em França, continuando, no entanto, a visitar Portugal, sobretudo para expor as suas obras em certames colectivos e individuais, no Porto e em Lisboa. Durante a sua carreira, além da França, expôs com sucesso no Brasil e nos E.U.A.. Foi principalmente um pintor paisagista e de cenas de género, ligado ao Naturalismo, num estilo próximo de Bastien-Lepage (1848-1884). Faleceu na Bretanha a 14 de Abril de 1939.
-
Resumo do artigo «José Júlio de Sousa Pinto», in Universidade Digital / Gestão de Informação, 2009 (Link).
-
«Originally from the island of Terceira in the Azores, José Julio de Souza Pinto arrived in Porto (Portugal) as a very young man, and became a brilliant art student. In 1880 he obtained a grant enabling him to study in Paris, where he worked at the Ecole des Beaux-arts and at Alexandre Cabanel's studio. The following year, in 1881, he exhibited the portrait of one of his compatriots at the Salon of the Society of French Painters, but from 1883 he turned to genre scenes, mainly influenced, both in his subjects and in his treatment of them, by the Naturalism of Jules Bastien-Lepage.
Having settled permanently in France, Souza Pinto made a number of trips to Brittany, which became the background for many of his works (...)».
-
Excerto do artigo «La récolte des pommes de terre [The Potato Harvest]», in Musée d'Orsay (Link).
-
Para saber mais: Aida Alves de Oliveira Santos, José Júlio de Souza Pinto na Bretanha, Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 2011, Tese de Mestrado (Link para o Vol. 1 em formato pdf)

2 comentários:

  1. Olá! Venho convidar-te a visitares o meu novo blog: HAPPIER - Dicas para uma vida mais feliz.
    Nele escrevo sobre pequenas atitudes e dicas que podes seguir para te sentires melhor, e assim, seres mais feliz!
    Espero que gostes :)

    Ana

    ResponderEliminar
  2. Gostaria de saber qual é a melhor casa de Leilões de Portugal para consignar para venda uma pintura de Souza Pinto.

    ResponderEliminar