quinta-feira, 9 de março de 2017

Carlos Reis (1863-1940)

Azenha (CMAG)
-
Milheiral (1911, MNAC)
-
Gerâneos e Malva Rosa (1912, Museu Carlos Machado, Ponta Delgada)
-
Engomadeiras (1915, MNAC)
-
Uma saúde aos noivos (1930, MNAC)
-
Natural de Torres Novas, matriculou-se em 1881 na Escola de Belas Artes de Lisboa, onde foi discípulo de Silva Porto, Simões de Almeida e Miguel Ângelo Lupi. Travou amizade com o príncipe D. Carlos, que o auxiliou nos estudos em Lisboa e mais tarde no estrangeiro. Em 1889 concorreu a uma bolsa de estudo para Paris, como pensionista do Estado. Entrando na École des Beaux-Arts, teve por mestres o retratista Bonnat e o pintor de Pintura Histórica Joseph Blanc. Em 1895 regressou a Portugal concorrendo para o lugar de Professor da Escola na cadeira de Paisagem. Teve influência no grupo de artistas que ajudou a formar, entre os quais Falcão Trigoso.
Entusiasta da natureza, foi fundador do grupo Ar Livre, ao qual sucedeu o Grupo Silva Porto. Foi sobretudo um paisagista, autor também de cenas campestres. No retrato, deixou obras igualmente famosas, como o de sua discípula Maria Adelaide de Lima Cruz e a composição El-Rei D. CarIos e seu Estado Maior (Fundação Casa de Bragança) exposto em 1905 no Salon de Paris. Carlos Reis executou igualmente trabalhos como decorador, por exemplo no Museu de Artilharia e no Hotel do Buçaco. Expôs desde 1887, na Sociedade Promotora, no Grupo do Leão, no Grémio Artístico, na Sociedade Nacional de Belas Artes, da qual foi um dos fundadores; na Exposição Internacional de Dresde, 1897; na Exposição Universal de Paris, 1900; etc. Foi nomeado Director do Museu Nacional de Belas Artes, e em 1911, com o desdobramento em Museu Nacional de Arte Antiga e Museu Nacional de Arte Contemporânea, foi nomeado Director deste último, até 1914.
-
Cf. Matriznet.
-

Born in Torres Novas, Carlos Reis enrolled in 1881 at the school of fine arts of Lisbon, where studied painting. In 1889 he applied for a scholarship to Paris, entering the École des Beaux-Arts. He returned to Portugal in 1895, becoming a Professor of Landscape at the Lisbon’s School. He was mainly a landscape painter, also known for his work in genre themes and portrait. He exhibited his works since 1887, in Lisbon, Oporto, Dresden and Paris, etc. In 1905, was appointed Director of the National Museum of fine arts, and in 1911, with the separation of that Museum in National Museum of ancient art and National Museum of contemporary art, he was appointed Director of the latter, until 1914.

3 comentários:

  1. Confundi com o escultor Soares dos Reis.
    Gostei de conhecer...
    ~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  2. Que lindas. Gosto muito de paisagens e as três apresentadas são muito expressivas.

    ResponderEliminar
  3. Majo Dutra - Ainda bem!

    Pensando em família - Foi um excelente pintor.

    ResponderEliminar